Antecipação do aumento da bandeira não será suficiente para cobrir déficit, afirma Abradee

Associação sugere a postergação das liquidações que serão feitas em novembro e dezembro e o uso do superávit da Coner.

A decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica de antecipar a alteração dos valores das bandeiras tarifarias que só seria aplicada a partir de janeiro de 2018  é positiva, mas não vai ser suficiente para cobrir o déficit de R$ 6,2 bilhões, previsto para a Conta Bandeiras em 2017. A avaliação é feita pelo presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, Nelson Leite, para quem serão necessárias duas medidas adicionais para cobrir o saldo negativo: a postergação das liquidações financeiras de setembro e outubro, que vão ocorrer em novembro e dezembro, e o uso do superávit da Conta de Energia de Reserva.

Fonte: Canal Energia – 27.10.17

ANEEL propõe revisão das bandeiras tarifárias

Foi aprovada nesta terça-feira (24/10), em reunião pública da Diretoria da ANEEL, audiência pública para discutir a revisão da metodologia das bandeiras tarifárias e dos valores de suas faixas de acionamento. A proposta é de bandeira amarela no valor de R$ 1,00; bandeira vermelha no patamar 1, R$ 3,00; e vermelha no patamar 2, R$ 5,00, a cada 100 kWh consumidos e frações. Esses valores já vigoram a partir da bandeira tarifária de novembro.

As bandeiras tarifárias são uma forma diferente de apresentar um custo que faz parte da conta de energia, mas geralmente passa despercebido. Antes das bandeiras, as variações que ocorriam nos custos de geração de energia, para mais ou para menos, eram repassados no reajuste tarifário anual da distribuidora, com muitas variações nos índices aplicados às tarifas.

O sistema de bandeiras foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento é simples, para que os consumidores possam assimilar que as cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custa mais ou menos por causa das condições de geração. Com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente e o consumidor tem a melhor informação, para usar a energia elétrica de forma mais eficiente, sem desperdícios.

Fonte: Aneel

O SOL É PARA TODOS

Um estudo feito pela consultoria GTM Research revela que a energia solar pode praticamente igualar a nuclear em capacidade, ao final deste ano, no mundo. A previsão é de que a geração fotovoltaica chegue a um total de 390 giga-watts, ante 391 da atómica. O crescimento da geração solar vem mais do que dobrando nos últimos três anos. A expectativa é de que a modalidade atinja 871 gigawatts até 2022. Em 2050, segundo Agência Internacional de Energia, o sol pode ser a principal fonte de eletricidade do mundo.

Fonte: Canal Energia

PLD Mensal

  • Preço Médio da CCEE (R$/mWh):
Submercado
Mês SE/CO S NE N
09/2017 521,83 521,83 521,83 521,83

Outubro terá bandeira tarifária vermelha no patamar 2

bandeira_tarifaria_OUTUBRO-2017-VERMELHA2-destaque

 

Com bandeira vermelha, os consumidores devem intensificar o uso consciente e combater o desperdício de energia elétrica.

PLD – Preço de Liquidação das Diferenças

Semanas de Outubro de 2017

Semana 1 – Período: 30/09/2017 a 06/10/2017
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82
Semana 2 – Período: 07/10/2017 a 13/10/2017
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82
Semana 3 – Período: 14/10/2017 a 20/10/2017
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82
Semana 4 – Período: 21/10/2017 a 27/10/2017
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82 533,82