PLD Mensal

  • Preço Médio da CCEE (R$/mWh):
Submercado
Mês SE/CO S NE N
02/2018 188,79 188,54 178,54 42,91

Para Aneel, tarifa de energia é ‘preocupante’

Diretor-geral da agência diz que é preciso encontrar saída para conter aumentos

 

BRASÍLIA- O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse ontem que as tarifas de eletricidade no Brasil têm subido a níveis “preocupantes”. Ele criticou a quantidade de subsídios e afirmou que as autoridades do setor precisam encontrar saídas para conter os seguidos aumentos nos preços.

 

— O valor da tarifa está atingindo patamar muito preocupante. A gente precisa discutir isso — disse Rufino.

 

Os reajustes da Light e da Enel Rio (antiga Ampla) serão feitos na próxima semana, e a expectativa é que ultrapassem 15%. Ontem, a própria agência propôs reajuste médio de 25,8% nas contas da Cemig, que atende Minas Gerais e é a maior distribuidora de eletricidade em número de clientes do país. A proposta ainda passará por consulta pública antes de entrar em vigor.

 

— Não podemos ser indiferentes a isso. Porque bateu, na minha compreensão, também no limite da capacidade de pagamento do consumidor — acrescentou.

 

Segundo Rufino, o que tem pesado mais sobre os consumidores é o custo de subsídios, bancados com a cobrança de encargos nas tarifas. Os clientes pagarão R$ 16 bilhões nas contas de luz em 2018 para cobrir custos com subsídios e programas sociais do governo. Em 2017, os subsídios somaram R$ 13 bilhões. Houve alta de 22%.

 

Ontem, a oposição conseguiu adiar o início da discussão sobre a privatização da Eletrobras na Câmara. Por decisão do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), que integra a comissão que analisará o projeto de lei, o colegiado só poderá ser montado após as comissões permanentes da Câmara começarem a funcionar. Isso não tem data para ocorrer. A decisão é um revés para o governo, que pretende concluir a análise do projeto até junho.

 

Canal Energia: 07/03/18

Bandeira seguirá verde em março

 

bandeira_tarifaria_MAR-2018-VERDE-destaque

Em março permanece a bandeira tarifária verde, sem custo para os consumidores. O acionamento desta bandeira indica a manutenção das condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Apesar da bandeira verde é importante que os consumidores mantenham as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica.

Fonte: Aneel

PLD – Preço de Liquidação das Diferenças

Semanas de Março de 2018

Semana 1 – Período: 24/02/2018 a 02/03/2018
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
204,9 204,9 196,86 204,9 204,9 196,86 191,13 191,13 185,88 40,16 40,16 40,16
Semana 2 – Período: 03/03/2018 a 09/03/2018
Sudeste/Centro-Oeste Sul Nordeste Norte
Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve Pesada Media Leve
225,57 225,57 219,06 225,57 225,57 219,06 225,57 225,57 219,06 40,16 40,16 40,16